Senac RJ e Prefeitura do Rio lançam projeto Impulsiona RJ

seg, 19/07/2021 - 14:33h - Capital

Compartilhar:

Iniciativa do Senac RJ e Sebrae Rio oferecerá formação profissional e empreendedora a 800 famílias do estado, contribuindo com o desenvolvimento socioeconômico de comunidades e regiões

​Nesta segunda-feira (19), o diretor Regional do Senac RJ Sérgio Arthur Ribeiro da Silva esteve em reunião na Secretaria de Governo de Integridade Pública da Prefeitura do Rio de Janeiro, para realizar o lançamento, na capital, do projeto Impulsiona Rio, iniciativa do Senac RJ e Sebrae Rio direcionada a famílias em situação de vulnerabilidade social no estado do Rio de Janeiro.

“A reunião na Prefeitura do Rio hoje marca o início de um projeto muito importante para nós do Senac RJ que, em parceria com o Sebrae Rio, iremos oferecer formação profissional voltada para empregabilidade e geração de renda por meio do empreendedorismo, além de ações de cidadania, que irão beneficiar famílias de baixa renda em diversas regiões do estado. Nosso objetivo é atuar nas vocações regionais, mobilizar as comunidades e contribuir para o desenvolvimento local”, afirma o diretor do Senac RJ, Sérgio Ribeiro.

O programa, que tem previsão de início em agosto, atenderá 800 famílias nos municípios do Rio de Janeiro, Niterói e Duque de Caxias, inscritas no Cadastro Único do Governo Federal, moradoras de comunidades carentes e áreas vulneráveis dos três municípios. Somente no município do Rio, serão beneficiadas 400 famílias em dois núcleos, localizados na Tijuca e em Santa Cruz.

A iniciativa integra o projeto Rio de Mãos Dadas, do Sistema Fecomércio RJ (Sesc RJ e Senac RJ), que visa incentivar a retomada da confiança da população fluminense e o envolvimento das pessoas em um clima de positividade para superar o difícil período de pandemia. A série de ações, com participação dos setores público e privado, busca incentivar a retomada do otimismo da população fluminense, abalada pelos desafios trazidos pela pandemia de Covid-19. Ao longo do ano, estão sendo realizadas iniciativas como intervenções urbanas, exposições itinerantes, maratonas virtuais, cursos adaptados ao “novo normal”, entre outras.

Foto: Samuel Barcelos – Segovi

Você pode gostar de ver também